WILLYAN: DERROTA DA EMENDA CUNHA



Willian_Johnes_da_OBB__em_closeO Colega Willyan Johnes, da OBB, entidade parceira na luta contra o exame da OAB, divulgou um artigo sobre a derrota da Emenda Cunha na Câmara.

Abaixo:

 

AMADA MÃE GENTIL

 

Por pura preocupação materna, a taxa de inscrição do exame da OAB foi mantida com o objetivo de proteger a sociedade que vive ao redor da mãe gentil, até mesmo o Art. 84,IV da CF, que reza sobre matéria privativa da presidência da república já foi posto como artigo em desuso “fora de moda” por seus filhos mais justos que se reúnem no STF,  quintal do escritório da representante dessa mãe tão querida, mas isso não quer dizer que a mãe gentil não se preocupa com exclusividade, visto que sua representante, nossa “presidenta”, por intermédio de grandes figurinistas, cabeleireiros e esteticistas, privativos da presidência, faz questão de mostrar à nação que está sempre na moda.

Sabemos que os filhos políticos da mãe gentil, jamais entrariam no lobby da OAB e tampouco seriam injustos com centenas de milhares de filhos brasileiros, esses que pagam seus míseros salários, até porque, mesmo com baixos rendimentos, a exemplo dos professores no Brasil, nossos irmãos políticos trabalham por amor a arte.

Sabemos também, que o Ex-procurador Geral da União, filho próximo, hoje amparado pela mãe gentil, foi justo ao mudar o parecer dado pelo então subprocurador, no tocante a inconstitucionalidade do exame de ordem, pois, se não tivesse a certeza da falta de conhecimento daquele irmão que fundamentou em mais de quarenta páginas a inconstitucionalidade da prova da OAB com criatividade, falsas doutrinas e interesse pessoal no sentido de mostrar poder, provavelmente para tentar fazer parte da cúpula composta pelos filhos políticos da mãe gentil no intuito de também desfrutar de propinas lícitas, jogos ilegais para os demais filhos e outras regalias, enfim, o Ex-procurador Geral da República, provou ser um fenômeno em sabedoria e grande orador, tanto que mostrou  esse dom de cabisbaixo com uma única palavra. “É constitucional.”

Portanto, é inadmissível alguém questionar a honestidade e superioridade de cada um deles, principalmente dos irmãos políticos, pois foram escolhidos pelos demais irmãos que dormem em berço esplêndido e a sociedade brasileira não erra, estuda os programas de governo e analisa a idoneidade de cada candidato antes de votar, com o objetivo de evitar que algum desonesto assuma o poder em nossa amada mãe gentil. Tanto que ninguém vai pescar no dia das eleições, pois, democraticamente, não sendo obrigados, conscientemente exercem o dever cívico.

Vivemos em um país que prega a paz para o mundo inteiro, um Estado que cuida de seus filhos, principalmente daqueles mais queridos pela mãe pátria, os que governam, onde nada lhes falta, inclusive a imunidade total. Somos contra a bomba atômica e a favor da igualdade, sendo notória a igualdade entre os filhos mais queridos pela mãe gentil, que os protege até mesmo na mais alta corte do país.

Nossa constituição adotou os princípios constitucionais e entre eles temos os princípios da isonomia, legalidade e moralidade, princípios esses que respeitam a imunidade total e o fórum privilegiado dos protegidos, porém, para evitar bagunça, a lei é igual para todos que não são próximos da mãe gentil. O que está certo, pois cada mãe cuida melhor de seu filho próximo, portanto, um dever materno.

Em que pese os filhos saírem do mesmo ventre, é comum os filhos próximos da mãe terem maiores cuidados devido a proximidade, assim, não é diferente com a mãe gentil que, não só cuida de determinados filhos com segurança e privilégios, como até mesmo de suas noras, como vimos a proteção dada à mulher do então Senador Demóstenes Torres, hoje procurador da mãe gentil, que foi presenteada com a carteira vermelha da OAB, por seus dirigentes, no intuito de agradar a mãe gentil e receber em troca o mesmo carinho.

É certo que é comum também uma mãe ter filhos rebeldes e com a mãe gentil não é diferente, haja vista os bacharéis em direito que vivem enciumados, não concordam com a natureza e se sentem discriminados, não entendem que uma mãe cuida melhor dos filhos que convivem ao seu redor, principalmente dos que ainda estão mamando, portanto, a mãe gentil só consegue ver os filhos que se encontram debaixo de sua saia, ou seja, no poder, mas vale lembrar que os bacharéis em direito, mesmo distantes são lembrados pela mão gentil três vezes por ano com uma “prova” de amor que nada rende aos seus cofres, mas promove o bom relacionamento entre seus filhos dependentes, que ainda mamam.

Vale lembrar também, que entre esses filhos rebeldes bacharéis, alguns se destacam lutando arduamente no sentido de obter mudanças, mas felizmente para os filhos dependentes da mãe gentil, esses bacharéis rebeldes não se unem em massa na luta por seus objetivos, assim, são ignorados pelos irmãos protegidos e tampouco constrangem a mãe gentil, que poderia ser interpretada como uma mãe desnaturada, por dar tanto a poucos e nada a muitos de seus filhos.

Mas isso não quer dizer que a mãe gentil se esquece dos demais filhos esparramados em seu território, pois assim como todas as mães, vive escrevendo para seus filhos ausentes, quer seja por notificações de impostos, citações, intimações... Inclusive dando prova de amor mostrando seu lado enérgico com fins disciplinares com as execuções.

Nossa mãe gentil é tão protetora, que protege seus filhos próximos até mesmo dos poucos jornalistas intrometidos, basta observar que, quando um desses profissionais comete uma injustiça, divulgando corrupção ou qualquer crime cometido por qualquer um de seus filhos dependentes, ou tem a boca calada ou imediatamente é divulgada na mesma emissora matéria esportiva ou cômica com a intenção de distrair a atenção dos filhos distantes, assim, não só protege o filho injustiçado, como também protege os demais filhos de ataques cardíacos, tensão nervosa, depressão, revolta...

É certo que entre tantos filhos dependentes dessa amada mãe gentil, muitos só desmamaram ao partirem numa “urna”, antes mesmo de descobrirem que  não eram imortais, e que outros desmamaram por decisão da maioria de seus filhos distantes que se sentiram enganados em outro tipo de “urna”, mas é certo também que existem filhos que ali se encontram e não concordam com esse excesso de proteção, e precisam da ajuda dos irmãos distantes daquela casa, mas infelizmente estão cansados e preferem ficar descansando em berço esplendido pensando apenas em uma das duas urnas que decidem suas vidas.

Muitos filhos distantes não se aproximam da mãe gentil por acreditarem que não preenchem os requisitos necessários para frequentar a casa sede da família, ou seja, por não serem formados em desonestidade, banditismo e possuírem valores que não interessam aos que lá estão. O que não procede, afinal, a mãe gentil é mãe de todos e precisa de amparo, tanto que existem filhos conscientes que tentam entrar naquela casa com esse objetivo, no entanto, são barrados pelo sistema implantado pelos que ainda mamam e não querem desgarrar das tetas da mãe gentil, esses que, apesar de comprarem decisões e se sentirem intocáveis têm um lado benevolente, pois ajudam os filhos mais carentes dessa mãe na época das eleições sem pedir nada de valor em troca, apenas um simples voto de cada um.

Contudo, devemos ser gratos aos nossos irmãos protegidos pela mãe gentil, afinal, independente do orgulho que eles têm de seus irmãos desafortunados, administram nosso dinheiro e geram milhares de empregos em diversos setores como: cabos eleitorais, mordomos, empregadas/os domésticas/os para todos os seus familiares, professores particulares e de dança, motoristas particulares, pilotos para seus jatinhos, seguranças particulares para seus familiares, garçons e músicos para suas festas, lindas/os acompanhantes, babás para seus filhos, massagistas, enfermeiras/os particulares, personal trainers... Isso sem contar com o cabide de empregos, mão de obra fantasma e ainda contribuem com a produtividade do país aumentando de forma significativa o consumo de bebidas alcoólicas, produtos eróticos, produtos de beleza... E guloseimas em geral.

 

PATRIA AMADA BRASIL, UMA MÃE TRAÍDA E EXPLORADA QUE PRECISA DA AJUDA DE TODOS OS FILHOS QUE A AMAM.

NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES TEMOS O DEVER DE TIRAR TODOS OS QUE AINDA MAMAM NESSA MÃE ANTES QUE ELA PADEÇA.

Willyan Johnes

 

Nós temos



Visitantes desde 24/10/2011:

001300984
Hoje:
No mês:
Total:
126
18606
1300984