Mensagem 22 de 2012 - SIBÁ EXPLICA MUDANÇAS

Prezados(as) MNBDistas:

 

A mensagem enviada aos colegas é também enviada aos parlamentares que acompanham nossa questão. Assim, tivemos a satisfação de receber uma resposta mais abrangente, com detalhes, sobre as mudanças ocorridas na Audiência marcada para o próximo dia 28.

 

A resposta com as explicações nos foram enviadas pelo Dr. Evaldo, chefe de Gabinete do Deputado Sibá Machado.

 

Não mudei nem o corpo e a cor dos caracteres. Abaixo:

 

 

 

Em 22 de novembro de 2012 09:54, Dep. Sibá Machado <O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.> escreveu:

Prezados Companheiros,

 

Diante da mensagem abaixo, é necessário alguns esclarecimentos:

1.       O deputado Sibá Machado deve ser entendido como um parceiro e não adversário na luta pelo fim do exame da OAB ou pela substituição da OAB pelo MEC, conforme for o entendimento das entidades representante dos bacharéis.

2.       O requerimento de sua autoria para realização de Audiência Pública que ocorrerá dia 28 de novembro tinha inicialmente sete convidados. Ocorre que o Subprocurador da República, Dr. Janot e o diretor da Faculdade de Direito da PUC/SP, Marcelo Figueiredo, não aceitaram o convite da Comissão. Já o reitor da UnB, José Geraldo de Souza, acaba de passar o cargo para o reitor eleito e não se sentiu a vontade para participar.

3.       Incluir novo nome na lista dos convidados não depende apenas da vontade singular do parlamentar, mas deve ser submetido por requerimento específico, à aprovação do Plenário da Comissão.

4.       O deputado Sibá Machado não é contra a participação de ninguém. Apenas, diante da ausência de alguns, viu na circunstância criada pelos próprios convidados, uma oportunidade de ampliar o tempo de debate, fazer uma discussão menos exaustiva e mais produtiva, colocando dois contra e dois a favor. Isso não impedirá a participação dos demais, que poderão se manifestar da assembleia, em momento a ser oportunizado pelo presidente da reunião (que deverá ser o próprio Sibá Machado).

5.       Quanto a mobilização, colocamos toda a estrutura do nosso gabinete à disposição para receber a vossa ajuda, seja nos contatos com os bacharéis interessados no debate, seja com a imprensa.

6.       Informações obtidas na Comissão dão conta que a participação do Sr. Willyan Johnes não foi aprovada por requerimento e portanto não poderá participar da Mesa. Porém, ficou acertado em caráter extrarregimental que se o professor da UnB aceitar o convite de última hora, Willyan Johnes será convidado para a Mesa com o intuito de fazer 3 contra e 3 a favor.

 

Obrigado pela atenção.

 

Evaldo Selau Inácio

Chefe de Gabinete

(61) 3215-5421

(61) 9825-3271

 

Nossa resposta:

Em 23 de novembro de 2012 01:27, Movimento Nacional dos Bacharéis em Direito - MNBD <O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.> escreveu:

 

Prezado dr. Evaldo:

 

Agradeço pelas explicações, já estão publicadas no site www.mnbd.org e serão divulgadas por mensagens que o dr. irá receber como a presente.

 

O sr. poderia ter se alongado mais uns minutos e me passado a informação completa via fone em nosso contato, que eu teria um outro prisma para analisar o que o senhor me falou.

 

Repassei a informação ao parceiro Willyan Johnes da OBB e aguardei movimentações nas reuniões da CFFC.

 

Quanto ao trabalho para atrair a imprensa que ofertei a vossa senhoria, o tempo ficou exíguo, mas mesmo assim, na manhã de 2ª feira (dia 26) estarei o visitando no gabinete.

 

Após ler a mensagem e a matéria, fico a disposição, via email ou fone (está no cartão de visitas) para complementar.

 

Att

 

Reynaldo Arantes

 

 

Xxxxxxxxxxxxxxx

 

Não nos convêm analisar os critérios do deputado Sibá Machado. Só o fato da reafirmação de sua assessoria para o vermos como um aliado e não um opositor, já nos deixa satisfeitos.

 

Quanto a trabalharmos juntos para uma audiência mais “robusta” principalmente na questão cobertura jornalística, não temos mais tempo hábil (na audiência da Comissão de Educação em maio passado, trabalhamos em grande grupo de colegas 10 dias antes da data marcada, o que resultou em 17 órgãos de imprensa, sendo 3 Redes de Televisão) e entendemos que tal afirmação – após a mensagem divulgada – foi apenas um gesto de cortesia.

Usando como base a mesma audiência na Comissão de Educação em 2011 (iniciativa dos deputados Domingos Dutra e Carlos Biffi), tivemos 4 convidados contra o exame (Reynaldo OABB/MNBD, Willyan da OBB, Ponce do MDE e o vice-Presidente da UNE Tiago Ventura) e só o Secretário Geral da OAB Marcus Vinicius Coelho Furtado a defender o exame.

 

Destaque-se ainda, que segundo Tiago Ventura, a UNE tem uma decisão de Congresso interno contra o Exame da OAB... O atual Presidente Daniel Iliescu está na cota como apoiador do exame. Terá havido novo Congresso e nova posição da UNE???

 

A presença do parceiro Willyan entre os convidados segue condicionada a presença do ex-reitor da UnB. O detalhe é que o Senador Cristovam Buarque é defensor do fim do exame da OAB e sua troca por um exame aplicado pelo MEC. O ex-Reitor teria mesmo uma posição contrária?

 

Enfim, há muitas perguntas formuladas que só serão respondidas no dia da Audiência Pública. Estaremos presentes como expectadores, torcemos para que quem estiver à mesa represente nossa luta de forma a trazer mais apoio ao fim do exame junto aos parlamentares e a sociedade que acessar a TV Câmara.

 

O importante é seguir aglutinando apoios à aprovação do PL 2154.

 

Nossos agradecimentos reiterados à assessoria do Deputado Sibá Machado, que foi extremamente prestimosa.

 

Saudações MNBDistas.

 

Nós temos



Visitantes desde 24/10/2011:

001585873
Hoje:
No mês:
Total:
711
17179
1585873